Gente, nem nos anos 60, no auge da minissaia aconteceu tamanho grau de caipirice.


Desde quanto confundir moda com ética explica a expulsão um aluno de uma instituição de ensino? O que me preocupa, e muito, é que nesse caso a UNIBAN alega que o traje incorreto justifica a sua decisão e eles tem uma faculdade de moda! Deveriam ter ouvido alguém de antes de mandar a moça embora.